quarta-feira, 25 de junho de 2008

DUST IN THE WIND





DUST IN THE WIND CANTA SARAH BRIGHTMAN

you tube from oceanflower2008



13 comentários:

  1. ALÔ!!!!
    Vim te convidar para visitar o Compartilhando as Letras.Sua visita me deixará muito feliz!!!

    ResponderEliminar
  2. O vento sempre me acompanhou. Traz mudanças na vida. Nem sempre boas, nem sempre más.

    beijos e que bom que tirou as letrinhas! hehe

    ResponderEliminar
  3. No ano passado meu filho estudava aí em Coimbra. Vivia no bairro de Celas. Tenho muitas saudades.

    beijos, Maripa

    ResponderEliminar
  4. Maripa.
    Ai o vento...Leva o pó, lava a alma, tras-me a voz de quem amo...
    O vento que foi tão bem "cantado" por Alegre.
    Muito obrigado por estares atenta e mil beijinhos levados pelo vento...

    ResponderEliminar
  5. Muito bom. Gostei bastante.

    Não tenho comentado muito por pura falta de tempo, mas estou acompanhando seu blog e esta "tudo de bom".

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. MARIPA, tens resposta lá em casa. E olha, já te linkei também.

    boa noite

    ResponderEliminar
  7. Hoje o Sol pintou de luz o verde
    As hortênsias são nuvens na terra
    Plantadas por um deus romântico
    No sortilégio que esta ilha encerra



    Um luminoso Sol te acalente a alma



    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  8. Doce Amigo,
    Obrigada pela visita, me senti muito feliz.Volte sempre que puder, ok?? Grande beijo.

    ResponderEliminar
  9. Que rápida a criança é a correr, apanhando sentimentos às braçadas!

    Vive a criança no mundo das coisas encantadas, lá aonde, também tem céu e mar, duendes querubins e fadas...

    Lá onde, não precisa de pular o Horizonte, para nos biquinhos dos pés, beijar a Verdade!

    Abraço as duas!

    BIA

    ResponderEliminar
  10. intiresno muito, obrigado

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.