domingo, 5 de outubro de 2008

LEVITAR NO VAZIO


Liquefazer o tempo.

Gota
a
gota
encher o copo da vida.


Beber de um só trago
- sem arrepio -
um néctar almiscarado.

Alegremente
- cabeça a bailar nas nuvens -
abraçar um tango de Gardel.


Esquecer o tempo...


Languidamente
- corpo feito papel -
levitar no vazio.


Maripa

14 comentários:

  1. Gostei do ritmo que se sente!:)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. E se filme fosse...
    O Oscar seria garantido.

    Tão forte, como real.

    Deixa-me dizê-lo...com verdade absoluta..."levitei" nesta leitura do teu poema.

    Beijinho muito grande e agradecido por me dares momentos tão tocantes.

    ResponderEliminar
  3. Olá minha amiga.
    Um levitar forte e real.
    Lindo.
    Desejo a vc. uma semana com muita paz e amor.
    beijos amiga.

    Regina Coeli.
    Te aguardo em meu cantinho.

    ResponderEliminar
  4. Hoje levitei no vazio, mas não com Gardel. Com a voz de Dulce POntes a sussurar nos meus ouvidos:

    "Se uma gaivota viesse
    Trazer-me o céu de Lisboa
    No desenho que fizesse"
    ...

    Foi assim que consegui desligar-me do barulho que havia nas ruas de uma cidade imensa em dia de Eleição. Eu tinha que sair dali e foi assim que fiz.

    boa noite, Maripa

    ResponderEliminar
  5. leveza nas tuas palavras...que me permitem levitar ao som de um tango
    beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  6. Olá minha querida amiga.
    A imagem seduz-me. Levitar...É bom!
    Mais um texto com a tua assinatura (igual a qualidade...)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. *
    carlos gardel,
    levitando,
    entre,
    jorge luis borges
    e
    evita peron . . .
    ,
    marés de tangos, envio,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  8. Esquecer do tempo é possível mas esquecer das suas letras impossível.

    Poesia de primeira linha, carinho a flor da pele.

    lindo dia flor querida
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Minha talentosa amiga...O seu poema é maravilhoso!
    Você, realmente faz poesia!!!


    ...que triste, deixe de ser
    o sorriso que te anima...
    e cheios de puro prazer
    sejam teus dias, menina!

    Zélia / outubro-08

    Resposta para o seu comentário lá no Mundo Azul...

    Beijos de luz e o meu especial carinho...

    ResponderEliminar
  10. Olá minha querida e estimada amiga.
    obrigado por suas palvras tão doces em meu cantinho.
    Na vida as vezes levitamos até no nosso próprio silêncio.
    Amiga passei para lhe dar um oi,
    Repleto de muita luz e paz.
    recheado de muita fé e forte como a energia.
    Beijos e fique na doce paz.
    Regina Coeli.

    ResponderEliminar
  11. voltei para dizer que deixei um selo no lado direito do meu blog para ti, caso o queiras recolher
    beijos

    ResponderEliminar
  12. Passei voando e levitei sobre ti, sobre a tua alma, que é encantadora e cheia de Luz!

    Gosto muito de ti e admiro-te muito minha doce irmã de Luz!

    Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.