quinta-feira, 9 de outubro de 2008

VINHA POR FIM O OUTONO...





" Vinha por fim o Outono certo: o ar tornava-se frio de vento; soavam folhas num tom seco, ainda que não fossem folhas secas; toda a terra tomava a cor e a forma impalpável de um paul incerto. Descoloria-se o que fora sorriso último, num cansaço de pálpebras, numa indifernça de gestos. E assim tudo quanto sente, ou supomos que sente, apertava, íntima, ao peito a sua própria despedida. Um som de redemoinho num átrio flutuava através da nossa consciência de outra coisa qualquer. Aprazia convalescer para sentir verdadeiramente a vida."


Composto por Bernardo Soares, ajudante de guarda livros na cidade de Lisboa / Fernando Pessoa no Livro do Desassossego.

Imagem de Volga Borytsch

9 comentários:

  1. um livro que me sabe sempre bem ler
    beijos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Minha querida amiga... Você não acredita, que ontem a noite eu estava a ler, exatamente esse texto de Fernando Pessoa (que eu adoro!)


    Fiquei feliz de encontrá-lo aqui!


    Beijos de luz e o meu especial carinho...

    ResponderEliminar
  3. Atravesso o céu em sonhos
    Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
    Seguem-me apontados à solidão
    Ah este vento que sopra nos brandais



    Vem viver comigo uma história real…


    Bom fim de semana




    Doce beijo

    ResponderEliminar
  4. *
    o bom gosto
    ,
    da prosa e da imagem,
    num desassossegado, sossego...
    ,
    marés de carinho, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  5. E o Outono é sempre certo... no tempo e na vida...
    Gostei do teu post, pelo seu todo.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Querida amiga.
    Entrosamento perfeito entre uma belissima escolha dum texto de Pessoa com uma fotografia belissima.
    Respira-se calma neste teu lugar.
    Beijinhos carinhosos e um bom fim de semana.
    Ricardo

    ResponderEliminar
  7. Esta tua imagem, as palavras e o piano... bateu-me uma saudade que eu julgava adormecida.

    Olha, porque não fazes como a Patti me disse? Pões os teus comentários na janela pop-up e podemos ler e comentar, a ouvir a tua música que é maravihosa.

    ResponderEliminar
  8. Como eu gosto destas leituras...

    Beijinho*

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.