quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

BOM -DIA...



Bom-dia - disse o rapaz. E ajoelhou-se na água, em frente da Menina do Mar.
-Trago-te aqui uma flor da terra - disse; chama-se uma rosa.
- É linda, é linda - disse a Menina do Mar, dando palmas de alegria e correndo e saltando em roda da rosa.
- Respira o seu cheiro para veres como é perfumada.
A Menina pôs a sua cabeça dentro do cálice da rosa e respirou longamente.
Depois levantou a cabeça e disse suspirando:
- É um perfume maravilhoso. No mar não há nenhum perfume assim. Mas estou tonta e um bocadinho triste. As coisas da terra são esquisitas. São diferentes das coisas do mar. No mar há monstros e perigos, mas as coisas bonitas são alegres. Na terra há tristeza dentro das coisas bonitas.
- Isso é por causa da saudade - disse o rapaz.
- Mas o que é a saudade? - perguntou a Menina do Mar.
- A saudade é a tristeza que fica em nós quando as coisas de que gostamos se vão embora.
- Ai! -suspirou a Menina do Mar olhando para a Terra. Porque é que me mostraste a rosa? Agora estou com vontade de chorar.

Sophia de Mello Breyner

Excerto do livro " Menina do Mar"

Imagem de Romarina Passos

16 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. QUERIDA MARIPA, MARAVILHOSO TEXTO AMIGA...
    UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  3. sinto-te uma menina do mar!

    um beijo salgado e alegre

    ResponderEliminar
  4. Não mostres a rosa à menina. Nem sempre ela a pode ver. Nem amores-pefeitos, que estão na altura deles. Já os plantaste?

    boa noite amiga

    ResponderEliminar
  5. Tanta ternura...
    E saudade é de verdade um sentimento que faz chorar.

    lindo dia flor querida
    beijos

    ResponderEliminar
  6. Olá Bom dia Maripa!
    Tendo em vista a qualidade do seu blogue e pessoa que você é, repasso ao seu blogue um Selo recebido.
    Continue fazendo daqui um lugar especial e tão rico.

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  7. "Menina do mar"

    porque O Mar Me Quer...


    Também a mim...

    que sou menino...


    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Lindo trecho, tocante e profundo.
    Realmente as coisas nos dóem e fazem chorar, para infelicidade das coisas e do profundo de nós.


    Beijocas
    www.lizziepohlmann.com

    ResponderEliminar
  9. Façam tardes as manhãs
    Façam artes os artistas
    Faça parte da maçã
    A condenação prevista
    Façam chuvas os Xamãs
    Façam danças as coristas
    Façam votos que esta corda
    Não sabote o equilibrista

    Façam Beatles "For No One"
    Faça o povo a justiça
    Faça amor o tempo todo
    Que amor não desperdiça
    Faça votos pra alegria
    Faça com que todo dia
    Seja um dia de domingo

    Façam tardes as manhãs
    Façam artes os artistas
    Faça parte da maçã
    A condenação prevista

    Façam Beatles "For No One"
    Faça o povo a justiça
    Faça amor o tempo todo
    Que amor não desperdiça
    Faça votos pra alegria
    Faça com que todo dia
    Seja um dia de domingo

    (Osvaldo Montenegro)

    Votos de um lindo final de semana
    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. Conheço o livro...e li agora como se fosse a primeira vez.

    Vês menina...já estou com saudade!

    Beijo muito amigo e, desejoso de infinitos momentos teus...que me deixem saudades.

    ResponderEliminar
  11. *
    Menina do mar
    botão perfumado
    um cálice rosado
    raso de poesia
    de odor a sophia
    extasiando um qualquer
    e . . . se o mar me quer
    eu quero comentar,
    ,
    conchinhas do mar, envio,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  12. Interessante excerto.

    http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Doce Maripa, nem sabes o quanto esta história me marcou na infância. Ouvia-a (tinha um disco em vinil com a história) vezes sem conta e hoje, quando abro as páginas do livro, as vozes que davam vida à "Menina do Mar" soam dentro de mim como se estivessem ali mesmo ao meu lado! É fantástico.

    Adoro esta música do magnífico filme "O Piano" que tantas pessoas não gostaram na altura em que esteve no cinema... Há que respeitar...

    Beijinhos de Amor e Luz!

    ResponderEliminar
  14. Sabes que adoro a Menina do Mar, as ilustraçºoes que aqui estão ,estão maravilhosas.
    Jinhos mil
    Eu eo Mar
    Tu e o Mar

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.