terça-feira, 20 de janeiro de 2009

LEMBRO-ME


Lembro-me...

Tinha nos olhos o brilho da água doce
e no sorriso sumarento
o gosto dos morangos.

Escrevia cartas de amor,
cartas de amor
perfumadas de alfazema
e dançava
e cantava
a vida no embalo dum poema.

Lembro-me...
Como se hoje fosse.


Maripa

Imagem de V. Kush

24 comentários:

  1. Minha querida amiga,
    obrigada pelo seu beijinho de saudade. Estou só a recuperar forças e a reencontrar a Luz. Voltarei às postagens logo que me sentir melhor, mas venho aqui deixar-lhe um beijinho. Adoro este aconchego do seu espaço. Obrigada querida amiga.
    Beijinhos de LUZ muitos

    ResponderEliminar
  2. _______________________________

    Você tem o dom das palavras!

    Seus poemas tem leveza e profundidade ao mesmo tempo...

    Um grande prazer ler os seus versos, doce amiga!

    Beijos de luz e o meu sincero carinho...

    _________________________________

    ResponderEliminar
  3. Muito gentil e bonito,

    este seu poema!

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. e estas são memórias para sempre
    lindas e doces palavras
    beijos doces te deixo

    ResponderEliminar
  5. As lembranças ficam, permanecem pelo tempo ,
    mas… de certeza que os olhos continuam a brilhar e o gosto se mantem
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Não é preciso ter grande memória para te lembrares de aspectos tão bons.
    Mas é preciso ter grande capacidade na escrita para fazer um poema tão bom e tão belo.
    Gostei imenso.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. E que belas memórias, todas elas inesqueciveis.

    http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. E que bom pelo teu poema viajar nas tuas lembranças....
    Beijos mil
    Eu e o Mar
    Tu e o Mar

    ResponderEliminar
  9. Os bons momentos não perdem o sabor na lembrança, lembrar-se do que foi bom é sorrir da saudade.

    lindo dia doce flor
    beijos

    ResponderEliminar
  10. Leve e lindo!

    Tem homenagens a voces escritores no meu blog!
    Passa por la´!

    ResponderEliminar
  11. Como se fosse hoje a presença de um momento de tantos momentos para recordar.

    Na áurea dos tempos que ainda o são enquanto a plenitude da vida é dádiva constante ao acordar de todos os dias assim.

    Um beijo Maripa__________________ .

    ResponderEliminar
  12. O mundo blogueiro é vasto mesmo....passei em um blog amigo e achei o seu....conteudo..poesias...noticias....
    blog q te faz voltar sempre...participar....

    parabens pelo conteudo aqui apresentado.....

    abraços

    Philip Rangel

    ResponderEliminar
  13. E claro que por erro de logim a C.G. sou eu....jinhos mil

    ResponderEliminar
  14. as coisas boas não esquecem

    um beijo grande, maripa

    ResponderEliminar
  15. Lembrar é voltar a viver o brilho e o gosto de um sorriso.
    Lindo poema, amiga, aliás como todos os que escreves.
    Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  16. _______________________________

    ...passando para lhe desejar um final de semana muito feliz!

    Beijos...

    __________________________________

    ResponderEliminar
  17. Como se hoje...fosse o presente de um dia continuidade de ontem...

    Amanhã, quero continuar a ler as tuas palavras ...prometes?

    Beijinho muito doce.

    ResponderEliminar
  18. Memórias ternas.

    http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. volto, de vez em quando
    para saber de ti
    .
    .
    .
    lembro-me

    deixo um beijo
    luísa

    ResponderEliminar
  20. *
    lembro-me …
    de te ver espraiada,
    na vaga embalada,
    cantando ao mar,
    ,
    conchinhas, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  21. Querida e Doce Maripa, lembrei-me de si... porque gosto muito de si, por isso aqui lhe deixo, não uma carta de amor, mas uma mensagem especial para uma pessoa especial:
    A amizade não obedece a uma presença constante, mas pede uma constante lembrança.
    Por isso, lembro-me das pessoas que realmente estimo e admiro, e você é uma delas!
    A amizade é sentir, é viver,
    Um sonho, um projecto
    Sermos apenas nós próprios, perante os outros…
    Agradeço todos os dias
    A Deus, ou algum outro Ser Iluminado
    Que me desviou para este espaço virtual
    Onde tenho reconhecido
    Tantos Amigos
    Que me têm dado muitas alegrias
    Sem eles nunca estaria
    A sentir como me sinto agora!
    Viva, útil e muitas vezes Feliz!
    Você faz parte dos amigos que me fazem sorrir com a sua linda amizade e carinho!
    Obrigada por existir!
    Bom Domingo com muito carinho, paz e alegria.
    Beijinhos carinhosos e abraço meiguinho.

    ResponderEliminar
  22. Lendo este belo e singelo poema até parece fácil tentar fazer o mesmo... mas não é!!
    Parabéns Maripa por este dom, o dom de saber expressar tão bem pela escrita sentimentos e ainda por cima de o fazer parecer fácil.

    Beijinhos :-)

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.