domingo, 22 de março de 2009

SE RECORDO



Se recordo quem fui, outrem me vejo,
e o passado é o presente na lembrança.
Quem fui é alguém que amo
porém somente em sonho.
E a saudade que me aflige a mente
não é de mim nem do passado visto,
senão de quem habito
por trás dos olhos cegos.
Nada, senão o instante, me conhece.
Minha mesma lembrança é nada, e sinto
que quem sou e quem fui são sonhos diferentes.



Ricardo Reis

Imagem da Net

11 comentários:

  1. Tudo o que Fernando Pessoa dizia tem um sentido real!

    Belo poema!

    Bjs.

    Lisa

    ResponderEliminar
  2. ...Esse Pessoa sempre simples e contundente..."e sinto que quem sou e quem fui são sonhos diferentes"...

    ResponderEliminar
  3. Grande Pessoa na figura de Ricardo, adoro todos eles

    lindo dia doce flor querida
    beijos

    ResponderEliminar
  4. *
    Não sei de quem recordo meu passado
    Que outrem fui quando o fui, nem me conheço
    Como sentindo com minha alma aquela Alma que a sentir lembro.
    De dia a outro nos desamparamos.
    Nada de verdadeiro a nós nos une
    Somos quem somos, e quem fomos foi
    Coisa vista por dentro.
    ,
    in-ricardo reis,
    ,
    maresias pessoanas,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  5. Vamos tentando juntar quem fomos e quem somos. Quem sabe uma dia viveremos (os dois) em harmonia?


    Ah, este piano! Lembra o que já não toca.

    beijos Maripa

    ResponderEliminar
  6. Escolheste a dedo a poesia...
    Lindíssima!


    Obrigada por sua visita e palavras deixadas em meu blog!

    Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  7. Um dos grandes poema de Pessoa.
    Do qual muito gosto.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  8. Salvé querida Maripa

    Fomos ontem...hoje somos diferentes; amanhã...não sei!
    Ricardo Reis, no seu melhor em Pessoa!
    Tocante minha querida.
    Deixo um beijo terno
    Mariz

    ResponderEliminar
  9. Na verdade, hoje não somos o que fomos, e amanhã não seremos o que hoje somos e assim... O poeta entendeu como o mundo e o ser humano funcionam, sempre de forma diferente!...
    Um beijinho e um abraço da laura..

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.