terça-feira, 28 de julho de 2015

APRENDER




Aprender
a religar as palavras
escritas no livro 
da vida
ver
a formosura de um búzio
luz de madrepérola
viva
observar
o marulhar das marés
o ir e voltar
 da água
conceber
como enorme pano de fundo
o horizonte azul
profundo
sentir
o espírito a alagar-se de mar
de energias indecifráveis
  límpidas     sagradas
puras
ajoelhar
mãos postas erguidas numa prece
a orar penitente e simples
hossana nas alturas.


Maripa

Imagens: Irina Todorova






12 comentários:

  1. Lindo blog e belos versos a sua poesia. Parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem haja pelas visita e pelas palavras gentis que me deixou.

      Beijinho amigo.

      Eliminar
  2. sereno e místico.
    gostei muito!
    beijinho amigo
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És uma querida... tens sempre palavras ternas e amigas para comigo.

      Beijinho carinhoso.

      Eliminar
  3. Palavras sagradas de poeta...
    Um beijo, Amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Palavras amigas de uma Poeta que muito admiro!

      Beijo carinhoso, Graça.

      Eliminar
  4. Querida Maripa, cá estou depois de passado um tempo (justificado agorinha no meu blog) :)
    Só os bons espíritos têm esse aprendizado, creio eu, minha amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Bem vinda, Cris! Já tinha saudades suas...

      Aprender faz parte do caminho que vamos percorrendo. Creio que vamos ganhando conhecimento,dia a dia, e que isso nos enriquece...

      Beijinho amigo, querida.

      Eliminar
  5. Olá, Maripa.
    Belíssimo hino à serenidade.
    Deixei-me transportar nesse "ir e voltar da água" e permiti que meu espírito se "alagasse de mar" para ir daqui carregadinha de energias das boas ;)
    Um sonho de inspiração pairou sobre si.
    bjn amg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, querida Carmem, quem me dera ter o dom do mar!
      Sinto-me muito bem, "carregadinha de energias das boas" quando o tenho por perto :)

      Deixou-me um grande elogio. É o seu sentir amigo que me deixa grata.

      Beijo com carinho.

      Eliminar
  6. Amiga, cuidei de uma doente mental em julho, por isso não deu tempo para postar. Que bom se tivesse sido férias... mas foi uma forma de descanso, só que no pensamento, se é que isso pode acontecer.

    Beijinhos

    Ah e vou levar um texto que li aqui da Cecília Meireles, que amei.

    ResponderEliminar
  7. Cris,minha amiga, não deve ter sido nada fácil... Admiro muito as pessoas que têm esse jeitinho bom de cuidar de quem sofre de problemas desses. Um abraço enorme,por isso.

    Cecília Meireles é uma poeta [e não só] brilhante!

    Mais um beijinho.

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.