terça-feira, 22 de abril de 2008

DIA MUNDIAL DA TERRA

TERRA-MÃE

Não chores, Terra-Mãe!

O Homem vai acordar e prender no olhar
pássaros viajantes para além do Tempo.

Vai pintar o Ser e o Sentir de mil matizes,
vai escrever a palavra AMOR
nos rios, nos mares, nas florestas
e entrelaçar nas árvores as raízes...

Acorda, Homem, volta a sorrir
como girassóis abertos ao sol do meio-dia.

A Terra- Mãe , agradecida, voltará a florir!

Maripa

4 comentários:

  1. Querida Maripa!

    Voltei e fui recebida com uma recepção à nossa amada Terra lindíssima. Que palavras sábias minha linda e doce Maripa. O Homem há-de acordar, SIM! E a nossa Terra-Mãe, um ser vivo maravilhoso, irá só chorar lágrimas de alegria!

    A foto é linda e muito "Maripa"! Cheia de cores felizes!

    Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz!

    ResponderEliminar
  2. "Todas as prendas que me deste, um dia,
    Guardei-as, meu encanto, quase a medo,
    E quando a noite espreita o pôr-do-sol,
    Eu vou falar com elas em segredo ...

    E falo-lhes d'amores e de ilusões,
    Choro e rio com elas, mansamente...
    Pouco a pouco o perfume do outrora
    Flutua em volta delas, docemente ...

    Pelo copinho de cristal e prata
    Bebo uma saudade estranha e vaga,
    Uma saudade imensa e infinita
    Que, triste, me deslumbra e m'embriaga"

    Adicionei-te o teu blog aos que leio e apresio...
    Serás sempre bem vindo (a)

    ResponderEliminar
  3. Lindo este teu hino à terra Mãe!!!!
    Beijos Eu...e o mar, Tu ...e o mar!

    ResponderEliminar


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” disse Antoine de Saint-Exupéry.

Grata pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dar-me um pouco do seu tempo, deixando um pouco de si através da sua mensagem.